30.4.14

como preparar um óleo macerado

O que são óleos macerados?
Óleos macerados são óleos em que os princípios activos de uma planta são extraídos para o óleo, o que vai facilitar a sua utilização. Os óleos macerados podem ser feitos com qualquer planta mas é mais interessante fazer com plantas que tenham benefícios para a pele. Como por exemplo a alfazema, a calendula, o alecrim o rosmaninho.

óleo macerado de rosmaninho (à esquerda) e óleo de calendula (à direita) feitos no Monte dos Carvalhos

O que vamos precisar para fazer o óleo?
  • Um frasco com tampa.
  • Planta: dependendo da planta podem ser utilizadas as flores ou as folhas.
  • Óleo vegetal: de amêndoas doces, óleo de sésamo ou azeite.
  • Sol! Também é possível fazer o processo de maceração a quente mas não com o azeite.
Como fazer?
Colher as flores ou folhas depois do orvalho já ter secado mas antes do meio-dia. Também podemos ver no calendário lunar qual é o dia mais propício para colher flores por exemplo.

Depois podemos colocar as flores dentro do frasco e cobrir com o azeite ou outro óleo à nossa escolha. As plantas devem estar completamente cobertas pelo óleo, se não correm o risco de oxidar e mais tarde apodrecer.

Fechar bem o frasco e colocar no parapeito de uma janela ao sol durante 2 semanas. Devemos agitar o frasco todos os dias. E não esquecer de colocar rótulos e datas.

Ao fim de duas semanas o óleo tem de ser coado. Os restos das plantas são descartados ou deitados no compostor e o óleo armazenado num lugar escuro e seco. Normalmente estes óleos tem validade de um ano.

E já está!

Ao contrário dos óleos essenciais que não devem ser aplicados directamente na pele, os óleos macerados podem ser aplicados directamente. Cada planta tem as suas propriedades e benefícios. Merece a pena escrever outro post mais tarde sobre isso, principalmente sobre as nossas plantas autóctones.

10 comentários:

  1. Olá! Gostei e vou experimentar. Mas não percebi uma coisa: se colocar o frasco com azeite ao sol, ele não vai aquecer? Não faz mal? Ou só os óleos é que se colocam ao sol?
    Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lúcia! O azeite vai aquecer ao sol mas a ideia é mesmo essa, irá aquecer mas não a temperaturas altas. Por isso é que estes óleos demoram 2 semanas a macerar em vez de 2 horas numa maceração a quente (no fogão). Boas experiências!

      Eliminar
    2. Obrigada! Já está a cozinhar ;)

      Eliminar
  2. Olá, Bom Dia :)
    Muito grata pela partilha Márcia. Olha aproveito para te perguntar também se é possível fazer os óleos macerados com plantas secas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Sim, é possível utilizar plantas secas. Algumas plantas até funcionam melhor se estiverem secas e outras (como o hipericão por exemplo) é melhor utilizar frescas. Boa sorte!

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Qual a diferença desse óleo pro óleo essencial? Pensava que essa era o processo do óleo essencial.
    Seu blog é maravilhoso, aprendendo demais, Gratidão e luz irmã!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Aline! Os óleos essenciais são obtidos por um processo bem mais complexo, por vaporização. Por isso os óleos essenciais são mais preciosos. É preciso uma grande quantidade de plantas e muitas vezes não podem ser aplicados directamente na pele.
      Este óleo macerado pode ser aplicado directamente na pele. Espero que tenha ajudado!

      Eliminar
  5. De todos os posts que li esse é o mais bem explicado. Parabéns!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...